Igreja






É  importante entendermos quem somos como Igreja, pois assim poderemos nos unir em torno deste projeto e contribuir diretamente para seu desenvolvimento. Para tanto, destacaremos cada expressão contida em nosso nome, pois as mesmas  trazem consigo conceitos a serem preservados e desenvolvidos por todos nós que fazemos parte desta Igreja tão amada por aqueles que dela fazem parte. Observemos os conceitos abaixo:

IGREJA: segundo o dicionário de Almeida,  “a Igreja é um Grupo de seguidores de Cristo que se reúnem em determinado lugar para adorar a Deus, receber ensinamentos, evangelizar e ajudar uns aos outros”. Assim sendo, devemos entender que não somos um clube, uma associação, um time, ou algo do gênero. Somos seguidores de Jesus e  fazemos parte da Sua Igreja espalhada por todo o mundo e em todos os tempos, mas também, somos uma comunidade local com características diferentes das demais Igrejas que compõem a Igreja de Cristo. Assim como as doze tribos de Israel que compunham um só povo, tinham características e missões diferentes, as denominações cristãs, entre elas a KERIGMA, são diferentes em suas manifestações de serviço, mas servem a um só Senhor e preservam os valores inegociáveis do Reino de Deus , tendo como objetivo comum a glorificação de Deus e a salvação de pessoas. Disse Jesus: “Também eu te digo que tu és Pedro, e sobre esta pedra edificarei a minha igreja, e as portas do inferno não prevalecerão contra ela.” Mateus 16:18 RA)

 COMUNIDADE: segundo a Wikipédia, uma comunidade é um conjunto de pessoas que se organizam sob o mesmo conjunto de normas, geralmente vivem no mesmo local, sob o mesmo governo ou compartilham do mesmo legado cultural e histórico. Esta é a nossa realidade desejada e a ser vivenciada. Para tanto, devemos incentivar o estar junto, pois só assim, viveremos o Evangelho de Jesus em suas múltiplas dimensões. Não há como ser um cristão vivendo de forma isolada, precisamos uns dos outros para  sermos e vivermos como povo de Deus.  Características como caráter cristão, dons, talentos , ministérios, personalidades, amor, fruto do Espírito, etc., carecem do convívio para se desenvolverem. Vejamos o que diz a Palavra de Deus sobre a vida da Igreja em Jerusalém, modelo este a ser seguido por todos nós da Kerigma: “E perseveravam na doutrina dos apóstolos e na comunhão, no partir do pão e nas orações.  Em cada alma havia temor; e muitos prodígios e sinais eram feitos por intermédio dos apóstolos.  Todos os que creram estavam juntos e tinham tudo em comum.  Vendiam as suas propriedades e bens, distribuindo o produto entre todos, à medida que alguém tinha necessidade.  Diariamente perseveravam unânimes no templo, partiam pão de casa em casa e tomavam as suas refeições com alegria e singeleza de coração,  louvando a Deus e contando com a simpatia de todo o povo. Enquanto isso, acrescentava-lhes o Senhor, dia a dia, os que iam sendo salvos.” Atos 2:42-47 RA)

 EVANGÉLICA: Embora existam muitas manifestações de cristianismo , a Igreja Kerigma denomina-se como Evangélica, isto é,  que segue os princípios defendidos desde a Reforma protestante, os quais são: A Bíblia como única regra de fé e prática
 (“ Toda a Escritura é inspirada por Deus e útil para o ensino, para a repreensão, para a correção, para a educação na justiça,  a fim de que o homem de Deus seja perfeito e perfeitamente habilitado para toda boa obra.” 2 Timóteo 3:16-17 RA)a salvação única e exclusivamente pela graça de Deus (“ Porque pela graça sois salvos, mediante a fé; e isto não vem de vós; é dom de Deus;  não de obras, para que ninguém se glorie.” Efésios 2:8-9 RA) , a  fé  em Jesus Cristo como Único e suficiente Salvador e Senhor
(“ Porquanto há um só Deus e um só Mediador entre Deus e os homens, Cristo Jesus, homem,...” 1 Timóteo 2:5 RA) e a glória sendo destina só a Deus  ( “ ... O louvor, e a glória, e a sabedoria, e as ações de graças, e a honra, e o poder, e a força sejam ao nosso Deus, pelos séculos dos séculos. Amém!” Apocalipse 7:12 RA).

 KERIGMA: A palavra Kerigma significa proclamação, assim, somos uma Igreja voltada para a Evangelização e discipulado de pessoas, famílias, nações, etc., e para o cumprimento desta missão poderemos utilizar os mais diversos recursos, deste que não agridam os princípios inegociáveis do evangelho. Disse Jesus: Toda a autoridade me foi dada no céu e na terra.  Ide, portanto, fazei discípulos de todas as nações, batizando-os em nome do Pai, e do Filho, e do Espírito Santo;  ensinando-os a guardar todas as coisas que vos tenho ordenado. E eis que estou convosco todos os dias até à consumação do século.” (Mateus 28:18-20 RA); “ Ide por todo o mundo e pregai o evangelho a toda criatura.  Quem crer e for batizado será salvo; quem, porém, não crer será condenado.” (Marcos 16:15-16 RA)

Como vemos, somos uma Igreja com  identidade própria, características particulares e com uma visão a ser atingida, uma missão a ser cumprida e com valores a serem preservados e defendidos, por isso, não precisamos copiar as outras igrejas cristãs, antes devemos ser fiéis ao que Deus planejou para nós, pois no dia do Senhor, Ele pedirá contas daquilo que fizemos com aquilo que era Seu propósito.

SUGESTÃO DE LEITURA: Recomendo aos irmãos lerem o livro LEALDADE E DESLEALDADE, da editora Central Gospel, escrito pelo pastor Dag Heward-Mills, pois precisamos ser fiéis a Igreja que Deus nos plantou.

Pr. Almy Alves Junior

Nenhum comentário:

Postar um comentário